segunda-feira, novembro 22nd, 2010 | Author:

Arquitetura contemporânea

Durante a década de 60, na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo Mackenzie, Eduardo Longo se destacou pela criatividade e aptidão para o desenho. Um dos mentores do movimento denominado “Escola Paulista”, baseado na união do racionalismo e do funcionalismo, a trajetória deste profissional paulistano foi influenciada pela contracultura das décadas de 1960 e 1970, admirada por Pietro Maria Bardi e Giò Ponti, editor da Domus, revista italiana, especializada em arquitetura contemporânea. Sua obra com cerca de 120 projetos é rica em experiências técnico-construtivas conceituais, como a famosa Casa Bola, projetada com o objetivo de criar em megaestruturas, um sistema de “plugar” apartamentos pre-fabricados, não geminados. Sua obra tem como marca a revisão do pensar arquitetônico.

Compartilhe no:
  • Orkut
Você pode acompanhar os comentários desse post através do RSS 2.0 feed. Você pode ou mandar um, or trackback do seu site pra cá.
Deixe um comentário » Log in