domingo, junho 02nd, 2013 | Author:

ORIENTAÇÃO.

TERRENOS IRREGULARES:
CRIATIVIDADE ACIMA DE TUDO.
O aproveitamento de um lote irregular ou acidentado depende,basicamente da concepção.

ANTES DE CONSTRUIR, o primeiro passo é a busca de um terreno que reúna condições adequadas para a implantação de um belo projeto. Porém, nem sempre é possível achar um lote plano e retangular. Dependendo da localização desejada e dos custos, muitas vezes a única alternativa é um local irregular com formas fora do convencional, como triangular e/ou acidentado. Apesar de custarem menos que os terrenos ideais,-muitos projetos dispostos nesses tipos de área necessitam de estruturas de contenção de terra, como muros de arrimo, encarecendo a obra.

TIPO DE FUNDAÇÃO.
Em qualquer tipo de terreno, é muito importante a sondagem geológica do subsolo. Empresas especializadas perfuram pelo menos três pontos do solo em cerca de 10 m de profundidade para determinar a sua resistência. Essa amostragem define, portanto, o tipo de fundação que deverá ser utilizado. Dessa maneira, eliminam-se os inconvenientes de infiltrações, rachaduras, erosões e até desabamentos causados pela falta de um alicerce apropriado para sustentar a casa.
Se o solo encontrado for arenoso, a alternativa são as sapatas, uma espécie de fundação de base larga. No caso de camadas de terra orgânica, há a necessidade de estacas profundas de concreto armado, que podem ser pré-moldadas ou, então, feitas através de fôrmas no próprio canteiro.
Quando a construção ocorrer em terrenos pedregosos, aproveite as grandes rochas para criar resultados diferentes. As pedras terão que ser perfuradas por brocas e preenchidas por concreto como se fossem estacas moldadas in loco, para escorar a obra.
O terreno composto por aterro pode tomar inviável uma construção, pois nesse solo o alicerce não a suporta com eficácia. Estruturas pré-moldadas em concreto armado, dependendo do caso, solucionam a dificuldade.

Lotes pantanosos obrigam sempre a procura por solos firmes. O mais clássico exemplo de obra sobre esse tipo de superfície são as casas sobre palafitas. A madeira é substituída por concreto pré-moldado na arquitetura moderna.
Além do tipo de solo, a pesquisa geológica pode detectar a presença de lençol freático, quando surge a necessidade de se adotar um sistema de drenagem. Se a presença de água é superficial, instale canaletas de condução para a rede pública. Se for subterrânea, recorra a um projeto mais complexo: várias camadas de materiais com graus diferentes de permeabilidade sob a terra para que a água escoe, deixando o terreno seco e firme para receber as fundações.

ESTRUTURAS DE CONTENÇÃO DE TERRA.
Se o terreno adquirido tiver a topografia acidentada ou formato irregular, em geral exigirá gastos com cortes e aterros que devem ser o mínimo possível, criação de taludes, instalação de pilares de sustentação etc. recursos que facilitam a adaptação do terreno ao projeto arquitetônico. Aclives ou declives exigem, na maioria das vezes a não ser que se construa sobre pilotis, movimento de terra, por menor que seja. Deve-se cuidar, portanto, para que isso não provoque erosão no futuro.
Nesse tipo de obra, geralmente recorre-se ao muro de arrimo para escorar a terra. Podem ser feitos de alvenaria mista, para excluir a necessidade de uma cortina de concreto.
Para impedir problemas posteriores, cheque as legislações específicas de zoneamento que definem recuos (frontal, lateral e de fundos) bem como a ocupação da casa com relação ao terreno.

DESAFIO À IRREGULARIDADE.
Com as leis de zoneamento em mãos, o arquiteto deverá adequar o projeto às suas necessidades e às condições topográficas do lote. Por exemplo, se o terreno é em aclive ou declive, é capaz de sustentar uma construção em dois corpos um sobrado e um térreo. Suspender a casa sobre pilares de concreto armado também é uma alternativa. Outra é erguê-la em vários blocos encaixados em platôs. Se a área além de irregular for estreita, a edificação pode ser verticalizada.
No terreno em aclive, por causa da própria força da gravidade, o escoamento de águas pluviais e esgotos, desenvolvido através de encanamentos para a rede pública, acontece com facilidade. Enquanto, no declive, instala-se uma bomba, funcionando como propulsora dos dejetos e de água para a rua. E ainda há a obrigatoriedade da presença da servidão: uma faixa junto ao muro divisório para receptar as águas servidas.
No lote em aclive, a instalação da rede hidráulica geralmente causa problemas, pois, muitas vezes, a força da água fornecida pelos serviços públicos é insuficiente para o suprimento da cai-xa-d’água. Por isso, deve ser construído um reservatório no nível do chão e ligada uma bomba para distribuir a água pela edificação.
O resultado final do projeto e sua funcionalidade dependerá principalmente da capacidade de inovar de seu arquiteto. Lotes não convencionais podem gerar construções diferentes e peculiares.

Compartilhe no:
  • Orkut
Categoría: Dicas para casa
Você pode acompanhar os comentários desse post através do RSS 2.0 feed. Você pode ou mandar um, or trackback do seu site pra cá.
Deixe um comentário » Log in