Arquivado em la Categoría » Como reformar casa «

domingo, julho 28th, 2013 | Author:

Ideias para reforma de casas

AMPLIANDO, COM CRIATIVIDADE, OS 78 M2 DE ÁREA.

O que você faria se precisasse abandonar a casa-navio para habitar um caiaque? Foi mais ou menos essa a sensação que a proprietária do sobradinho teve ao se vir transferida de 300 m2 para 78 m2, do interior de São Paulo para a cidade. Para completar, as economias foram subtraídas já na rodoviária. Para resolver o problema de espaço acomodando casal e uma filha em tempo recorde e não comprometer o orçamento, os arquitetos optaram por uma reforma moldada na versatilidade. No térreo, concentram-se as áreas social e de serviço. No superior, o aconchego do íntimo. Para a casa crescer até os atuais 159 m2, foram previstos novos ambientes, a edícula transformada em escritório, com acesso pelo pátio agora coberto e o estar, com nova entrada social, permitiu a criação da bay-window modernizando a proposta e da lareira, num toque vital para que os ocupantes se sintam à vontade.

Compartilhe no:
  • Orkut
segunda-feira, abril 15th, 2013 | Author:

YPIRANGA ACRÍLICO.
A tinta que melhor resiste ao tempo.

Tinta Acetinada Acrílica, Tinta Acrílica fosca, Tinta Acrílica Tex-turada, Selador Acrílico Pigmentado, Verniz Acrílico Incolor e Massa Acrílica são produtos da Ypiranga formulados à base de resinas acrílicas, de excelente rendimento e durabilidade, indicados para superfícies externas ou internas de alvenaria, fibrocimento, pré-moldados, madeira ou metais previamente preparados. Faça sol ou faça chuva, as superfícies tratadas com a linha Ypiranga Acrílico estão sempre bonitas. E o seu investimento está sempre bem protegido.

Linha Ypiranga Acrílico. Agora em nova embalagem.

Compartilhe no:
  • Orkut
quarta-feira, fevereiro 06th, 2013 | Author:

“No meu ponto de vista, era uma casa chata, onde não havia muita permissão para entrada de luz e ar. O que eu fiz, então? Dei-lhe um caráter específico e abri a casa.”
Avaliadas as necessidades dos moradores um casal e seus quatro filhos, todos pequenos a primeira providência foi aproveitar uma laje lateral para sobre ela construir um family-room, ou “um espaço onde as crianças se sentissem à vontade, e que facilita o convívio da família”.

Este ambiente que aglutina no mesmo espaço sala de TV, som e escritório também conta com um bar, que recebeu detalhes de amianto idealizados por Viviane Whately e Roberto Corte-Real. Trabalho semelhante aparece também no banheiro principal.

Depois, o arquiteto imaginou um gaze-bo, “extensão natural da área social, um espaço perfeito para receber os amigos nas tardes frias do outono-inverno em São Paulo, ou apenas para estar”. O ambiente tem armação de aço pintado e fechamento com vidro laminado “o que garante maior segurança, necessária nas cidades grandes”.

Com este gazebo, a casa ganhou também um terraço lateral, estruturado com perfil tipo “I”, de aço, pintado e coberto com vidro aramado. O apoio destas vigas é feito num vértice bem menor. “Uma brincadeira, algo para despertar as emoções de quem vê”, argumenta Loeb.
Uma faixa de seixos rolados absorve a água das chuvas, protegendo o piso do terraço cimento encerado, com rejuntes em pastilhas de vidro.

Ainda na área externa, Roberto Loeb criou um piso original e… ultradivertido. Cacos de diferentes materiais compõem quadrados em mosaicos. “Quando era criança recorda o arquiteto amava brincar no chão. Pensei que uma solução lúdica seria do agrado dos quatro garotos. E não é que foi mesmo?”
Na sua proposta de “abrir” a casa à luz e à ventilação, Loeb criou “escotilhas” (que também caíram nas graças da garotada) e uma grande janela (de ferro, formando quadriculado) num dos livings da área social. Duas colunas pintadas com esmalte brilhante parecem equilibrar uma prateleira (em cima) e a bancada de mármore sob a janela.

“Acredito que nessa reforma conseguimos estabelecer um diálogo entre o antigo e o novo, criando uma linguagem alegre e plena de energia que rompe a monotonia e concede verde à vida”, diz o arquiteto.

Compartilhe no:
  • Orkut
quarta-feira, setembro 21st, 2011 | Author:

Dicas para reforma de casas

LUMINOSIDADE É TUDO nesse ambiente projetado por Brunete Fracca-roli para os moradores da casa, que desejavam uma área ampla e funcional para refeições esporádicas. O espaço gourmet, localizado em uma varanda com acesso à sala de estar e TV, recebeu cobertura de vidro para facilitar o manuseio e preparo dos alimentos, além de promover maior sensação de integração com o exterior. “Além de muita claridade, a área ganha amplitude, pois o vidro é anti-reflexo, não refletindo as luzes e tão pouco a mesa. Assim, é possível ver o céu em qualquer horário do dia ou da noite” explica Brunete. A ampla mesa de vidro e os bancos de madeira são da House Garden. Os gabinetes de madeira, da Madetec, servem de apoio, e a bancada de mármore travertino romano bruto, da Pedra de Esquina, acomoda a churrasqueira. Completando o visual clean, a coi-fa foi executada em vidro, pela Santa Marina Vitrage, mesma empresa que executou a cobertura.

Compartilhe no:
  • Orkut
segunda-feira, setembro 19th, 2011 | Author:

Quero reformar minha casa

INSERIDO NO PROJETO ORIGINAL DA CASA, o quiosque ficou disposto em uma área isolada no fundo do terreno, mas manteve sua dependência com o interior por falta de equipamentos e estruturas definidas. Para remodelar o espaço e deixá-lo bem resolvido para o aproveitamento familiar, a arquiteta Suzy Melo sugeriu uma reforma.”Os pontos elétrico e hidráulico foram deslocados para favorecer a colocação da nova churrasqueira Cons-truflama, chapa para os grelhados, forno microondas e TV”, explica. Em formato hexagonal, a construção é de concreto armado com pilares de sustentação em cada uma das pontas e uma viga amarrando todos eles. A parte interna recebeu mesa LOeil e forro de madeira para disfarçar as telhas. Estética e praticida-de também foram transferidas para a parede e o piso, revestidos com porcelanato rústico, faixas de porcelanato e de pastilhas de vidro, Portobello e Vetricolor. O clima aconchegante foi criado com a instalação de arandelas, que acompanham o projeto lu-minotécnico de toda a área externa. Pedras da Marmoraria São Matheus e madeiras da Marcenaria Art More.

Compartilhe no:
  • Orkut
domingo, setembro 18th, 2011 | Author:

Dicas para reformar casas

ANTES DA REFORMA, a casa possuía espaços fragmentados que separavam as áreas social e externa. Coube às arquitetas Ana Paula Barres e Andréa Ottoni a adaptação do projeto original para buscar a integração de todos os ambientes. “Criamos uma pérgola com pé-direito de 2,40 m e fechamento de vidro, que tem a função de ponte entre o interior e o lazer, além de fazer às vezes do jardim de inverno”, diz Ana Paula. A estrutura de vidro, da Glass Way, estende-se até o espaço gourmet, onde a gastronomia foi demarcada pela cobertura de piaçava trançada, da Miranda Valverde, com pé-direito de 5,80 m no ponto mais alto. Equipado com toda a infra-estrutura: churrasqueira, forno de pizza embutido, freezer horizontal, geladeira, máquina de gelo, o local também conta com a bancada de trabalho, balcões de apoio e para as refeições. O piso é de pedra São Tome com ladrilho hidráulico, da Ceramick; revestimento de parede, da Forma Final; mobiliário, Camp Garden; equipamento de iluminação, Bonaluce, e metais, Di Bagno.

Compartilhe no:
  • Orkut
segunda-feira, setembro 12th, 2011 | Author:

Dicas de reforma de casa

Por isso, não há regra na escolha de estruturas que irão abastecer este local, batizado recentemente de espaço gourmet. desde que seja priorizado o equipamento para cozinhar: churrasqueira, forno à lenha para pizza, forno elétrico ou industrial, balcão para as refeições, área operacional, ilha central, geladeira e até tecnologias, como o sistema de home theathcr. “O tipo de instalação e a escolha dos itens devem ser feitos de acordo com o perfil do cliente, tamanho do espaço e do conforto”, completa a arquiteta Andréa Otonni.

Compartilhe no:
  • Orkut
domingo, setembro 11th, 2011 | Author:

Reformas de casas fotos

Infra-estrutura ao ar livre.
Do interior, a culinária trafegou timidamente por outros ambientes até encontrar uma área onde pudesse expandir-se: o lazer externo. Tradicionalmente utilizado para os churrascos nos rins de semana e feriados, o local arrematou novas estruturas e acabamentos e vem sendo utilizado como uma área independente da casa e, cm muitos projetos, como uma extensão da cozinha. “A tendência é integrar e reunir os espaços que abrigam atividades gastronômicas e entretenimento”, afirma a arquiteta Ana Paula Barros.

Compartilhe no:
  • Orkut
sábado, setembro 10th, 2011 | Author:

Dicas de reformas de casas

PARA CRIAR NOVAS ATIVIDADES na área externa, o arquiteto Beto Madureira projetou uma área coberta, com 8 nV, que acopla o forno de pizza, a churrasqueira e o balcão bar, de 110 cm de altura, com bancos de ferro House Garden e iluminação da LOeil. Instalados no muro dos fundos, os equipamentos receberam isolamento térmico como medidas de segurança. “Fizemos o assentamento de tijolo refratário e a colocação de uma câmara de ar entre a parede do forno de pizza e a parede externa”, diz. Incorporado ao corpo da casa, na lateral da piscina, o ga-zebo de vidro (em primeiro plano) foi construído com estrutura de metalon e pintura automotiva acetinada. Para proteger o lugar do sol, tecidos foram fixados no teto de vidro. O piso de mármore carrara branco completa a sofisticação do ambiente.

Compartilhe no:
  • Orkut
sexta-feira, setembro 09th, 2011 | Author:

Como reformar uma casa

UMA REFORMA GERAL integrou o espaço gourmet à estrutura da casa principal. Para instalar a churrasqueira, o forno de pizza elétrico e o pequeno fogão de quatro bocas, o arquiteto Leonardo Junqueira fez uma adaptação na disposição dos equipamentos no ambiente. A nova bancada, revestida com cerâmica Porto-bello, ganhou tampo de granito da Marmora-ria Mont Blanc. O piso de porcelanato Pamesa foi escolhido pela facilidade de manutenção. Ao lado de um jardim, o local também conta com a iluminação das arandelas La Lampe sobre a bancada de trabalho e um ponto central. Duas mesas de madeiras com bancos, da Casual Móveis, recebem até 16 convidados para as refeições ao ar livre.

Compartilhe no:
  • Orkut