Arquivado em la Categoría » Decoração exteriores «

quarta-feira, novembro 10th, 2010 | Author:

Dicas de decoração para casas

UMA DESCOBERTA GRADUAL…
Do lado da terra, a entrada assemelha-se a uma fortaleza. Um muro ocre alto realça a curva pronunciada do caminho pavimentado e parece proteger a entrada dos olhares indiscretos e do vento. Uma vez lã dentro, não sabemos muito bem onde nos encontramos e para onde vamos. «Uma casa deve guardar os seus mistérios. Para a apreciar não se deve descobrir de imediato o que a torna bela. Prefiro o acesso indirecto, a descoberta gradual. Adoro deter o olhar através dos efeitos de ruptura de materiais», explica o arquitecto. Mais decoração de casas exteriores veja decoração de quarto.

Compartilhe no:
  • Orkut
terça-feira, novembro 09th, 2010 | Author:

Imagens de decoração de casas

O terreno, abrupto e selvagem, pertencia à família. Integrada numa natureza milagrosamente intacta, merecia uma construção que respeitasse o ambiente. O casal, melómano e amantes de pintura contemporânea”, pretendia conjugar os prazeres da vista e do som e que nada pudesse estragar esses deleites. Em suma, nenbum entrave, nenhum limite. Apenas o horizonte e as ilhas! Assim, harmonizando as curvas naturais da rocha, a «villa» abre-se vertiginosamente para o mar. Confiada ao arquitecto Maurice Sauzet, que passou longos anos no Japão, o seu plano foi concebido como um percurso iniciático. Os materiais, as formas, os ângulos, tudo contribui para revelar pouco a pouco a beleza da paisagem.

Compartilhe no:
  • Orkut
terça-feira, junho 08th, 2010 | Author:

Decoração de jardim

Decoração de jardim: detalhe do verde que envolve o jardim da residência. Na página ao lado  a tela de Beatriz Milhazes. Print Serpentine (H.A.P. Galeria) colore o quarto de dormir da arquiteta.

Compartilhe no:
  • Orkut
quinta-feira, maio 20th, 2010 | Author:

Decoração de exteriores de casas

Decoração de exteriores de casas, acima, vista externa da residência: volume e texturas em branco fazem ressaltar a aarquitetura limpa Abaixo, entrada principal. O piso de pedriscos miúdos, rústico e o alumínio texturizado do portão de entrada.

Compartilhe no:
  • Orkut
quarta-feira, maio 05th, 2010 | Author:

Decoração paisagismo

O Rio é de uma rara poesia. Romântica em casas que combinam a riqueza de um Brasil do inicio, como no elegante Palácio das Laranjeiras. É miscigenado, como mostra a Fazenda Resgate, do período escravocrata. E transgressor como nos prova o adorável Jorge Huc no seu apartamento projetado por Lúcio Costa, no Parque Guinle. Quem sabe a maravilha carioca resida na vontade de ser constantemente reinventada? Entre o verde de suas florestas e o azul de seus mares, vive um pouco da alma brasileira.

Compartilhe no:
  • Orkut
terça-feira, maio 04th, 2010 | Author:

Decoração de jardim externo

No Rio, Burle Marx desenhou esta sensualidade ao longo da orla, numa área que vai dos jardins do Dumont e do Parque do Flamengo até a Praia de Copacabana. Sem dúvida, é bem ali, no Parque do Flamengo, que está i, um dos mais importantes exemplos de intervenção paisagística da cidade, criado através de um espetacular aterro ás margens ria Guanabara, com projeto desenvolvido por uma equipe que contou com os arquitetos Affonso Eduardo Reidy e Jorge Moreira, além rio botânico ! fie Mello Filho.

Compartilhe no:
  • Orkut
segunda-feira, maio 03rd, 2010 | Author:

Casa e jardim decoração

Casa e jardim decoração.
As formas abstratas e cores vibrantes abriram caminho para que seus jardins fossem comentados além das fronteiras tupiniquins. Dentro desta estética, Burle Marx desenhou uma cena tropicalista, incluindo plantas nativas nunca antes utilizadas. Sua curiosidade com a flora regional levou-o às expedições, descobrindo novas mudas para acentuar a verdadeira característica desta gente brasileira. Com conhecimento do material vegetal, ele nos tirou do cenário monótono para nos guiar entre a harmonia e a leveza das formas curvilíneas.

Compartilhe no:
  • Orkut
domingo, maio 02nd, 2010 | Author:

Decoração de fachadas de casas

Decoração de fachadas de casas. Na geografia, vimos um lugar que cresceu sem medo, abraçando serras, parques c bosques, subindo montanhas e criando pontos de vista únicos para avistar as praias, contornadas pelo verde da Floresta da Tijuca. 0 Cristo Redentor, do alto do Corcovado, é como um pai que se impõe em silêncio. Lá de cima, cie oferece a visão de uma cidade que desliza entre morros e vales. Que visTa! A Baía de Guanabara aparece inteirinha. A idealização desta paisagem começou na colonização portuguesa de forma predatória e só a partir do século 19 ganhou outras nuances com os modelos paisagísticos franceses de Augustc Marie François Glaziou. É neste contexto que surge o trabalho de Roberto Burle Marx. A convite de Lúcio Costa, ele se uniu ao grupo que projetou o edifício do Ministério da Educação, marco da Era Modernista no País.

Compartilhe no:
  • Orkut
quarta-feira, abril 28th, 2010 | Author:

Decoração casa jardim

O passeio continua e uma obra de Portinari, de grandes dimensões, obriga a outra parada. Mais alguns passos e a imensa parede registra um panorama do século 20: outro Portinari divide espaço com telas de Guinard, Cícero Dias, Amílcar de Castro, Di Cavalcanti, Antônio Dias.

Compartilhe no:
  • Orkut
terça-feira, abril 27th, 2010 | Author:

Decoração em jardins

Decoração em jardins ao lado dele, um trabalho de Burle Marx que, além dos jardins também cultivava sua paixão pelas artes plásticas, brota na parede para completar as honras da casa.

Compartilhe no:
  • Orkut