Tag-Archivo para » lista para mobiliar um apartamento «

quarta-feira, janeiro 16th, 2013 | Author:

UMA CAIXA BRANCA QUE GANHOU VIDA E CHARME.

A decisão de criar um espaço neutro em termos de cor determinou a escolha dos materiais: revestimentos em linho natural nos estofados, madeira esbranqui-çada e rústica nos móveis, sisal nos tapetes e mais: mármore travertino, cerâmica, bambu, vime, numa verdadeira apologia à natureza dentro de casa. Esta é a essência do Light Miami Style, de que são partidários os decoradores. Mas ressalvam: “0 que vale é a variedade de coisas que já fizemos. Não somos conhecidos por praticar apenas um estilo e isso é ótimo, porque conseguimos nos adaptar aos diferentes clientes e a uma constante e estimulante change of pacé”.

Para mobiliar o apartamento, nem New York, nem Miami. Os dois voaram para a Costa Oeste. 0 melhor tipo de design nessa área semi-tropical e semi-latina está saindo da Califórnia”, acreditam. E de lá eles trouxeram muita coisa, incluindo a mesa de centro em crackled metal e tampo laqueado. As mesas laterais ao sofá vieram de Houston e são chamadas de Chinese Altar tables. Ainda na sala que agrupa as áreas de estar, jantar e bar (criado no lugar de um dosei) estão os móveis em carved bleached wood e twig (feitos de galhos de árvores). Detalhes como o teto rebaixado e as colunas na entrada respondem por um toque mais arquitetônico e emolduram a bela réplica de um George II console.

O guest bedroom que de tão pequeno recebeu o apelido de monk cell, ganhou, no entanto, uma cama em wicker, by Ralph Lauren e espelho indiano. No quarto principal, peças californianas: cama em bleached pickled wood, mesas de cabeceira em vime e uma boa reprodução de escrivaninha portuguesa. A confortável club chair revestida de linho completa o ambiente.

Prática, extremamente eficiente e bonita, a cozinha é toda de madeira maciça pintada e comporta ainda um pequeno aparador para refeições rápidas. Aqui, como no resto do apartamento, há a presença sutil de espelhos que ampliam os espaços e refletem a vista. “Nossa intenção foi deixar que o interior ficasse em segundo plano em relação a essa fantástica paisagem, a esse mar incrível que banha Miami Beach”. Mas Robert Solley e Miguel Elias conseguiram mais. De um insignificante apartamento eles fizeram um espaço habitável, gostoso, solto e apropriado ao local. “Aqui tudo é diferente, o ar, a luz, o clima. E ao acompanhar tudo isso, a decoração deste apartamento se tornou uma tarefa realmente divertida”, concluem.

Compartilhe no:
  • Orkut